4 passos para se tornar uma “atriz” em um shooting – Com Lindsay Wixson

Cada shooting tem sua proposta, cada marca tem seu estilo, cada fotógrafo tem suas ideias. Nesse sentido, assim como no teatro, em que o ator precisa se preparar para desempenhar um papel que muitas vezes não condiz com sua personalidade, os modelos também precisam fazer o mesmo na hora de fotografar. Mas como isso é possível?

Primeiro de tudo, temos que estudar a marca e o que ela deseja passar. É uma pegada mais romântica? Mais street? Mais fashion? Saiba o estilo e pesquise sobre ele, veja inspirações e treine!

Na hora de fotografar tente relaxar (sei que é difícil) e se concentre em não ser você! Sim, crie uma personagem, dê um nome e uma personalidade para ela e aja como ela agiria. Parece complexo né? Confesso que talvez seja um pouco, mas acredito que conforme você for se adaptando a esse processo, vai ficando cada vez mais fácil!

E por último, se permita! Isso mesmo, se permita ser outra pessoa, arrisque, se jogue! Sem julgamentos, sem preconceitos, se sinta a vontade e concentre-se na interpretação. Muito importante: ouça as dicas e os conselhos do fotógrafo e aplique-as! Comparando ao teatro, seu fotógrafo é seu diretor hahha.

Então, recapitulando, os passos são:

1- Saiba e estude o estilo e a proposta do shooting.

2- Crie uma personagem fictícia e aja como se você fosse ela 

3- Se permita, se jogue e se sinta a vontade

4- Ouça as dicas e conselhos do fotógrafo

Bom, para exemplificar esse processo de maneira mais visual, escolhi alguns editoriais da modelo norte-americana Lindsay Wixson, famosa por sua boca de coração e seus dentes separados. Bora ver e se inspirar?

NOVEMBRO 2016 HARPER’S BAZAAR RUSSIA 

Nesse editorial, podemos identificar um estilo mais fashion, mais conceitual. Consigo sentir uma suavidade no olhar e na expressão da Lindsay, é como se ela estivesse despreocupada, sabe? A boca entreaberta aparece bastante também.

Este slideshow necessita de JavaScript.

MAIO 2017 – HARPER’S BAZAAR UK

Esse editorial tem uma pegada mais romântica, com o cenário cheio de flores e uma paleta de cores bem vívida! A Lindsay tem a expressão mais delicada na maioria das fotos e seu olhar é sempre bem presente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 JUNHO 2017 – ELLE UK

Por último, esse editorial é um pouco mais sensual (mas não tanto). O cenário é bem natural, com a presença de mar, cachoeira e mato. O styling é bem colorido e brilhante. A modelo tem um olhar mais forte e poses com mais movimento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

É isso gente! Espero que vocês tenham gostado =)

Qual nome vocês dariam para cada uma das “Lindsays”? Deixe um comentário! Hahah

Bjbj, Ceci ❤

Como devo desfilar de acordo com cada tipo de desfile?

Ei modeletes, vocês sabiam que cada tipo de desfile exige uma passarela diferente? Pois é, dependendo do estilista ou da marca, a maneira como as modelos devem se portar muda totalmente! Isso é de extrema importância e deve ser bem estudado, assim você vai poder cumprir com a proposta do desfile e dar um show…

Então, bora aprender sobre desfiles e suas peculiaridades?

Desfile alta costura

Esses desfiles geralmente são bem mais sofisticados e refinados, exigem uma produção super complexa e contam com uma platéia bem selecionada. Nesse sentido, a postura das modelos deve ser a mais elegante possível, o andar é bem lento e suave, ou seja, sem movimentação brusca de quadris. Veja alguns exemplos:

Desfile prêt-à-porter

Em francês prêt-à-porter quer dizer “pronto para vestir” e é o segmento, em relação ao preço, intermediário entre alta costura e fast-fashion. Apesar de ter menos exclusividade do que a alta costura, é um segmento ainda destinado a um público com maior poder aquisitivo. Nos desfiles, o andar é um pouco mais rápido e um tanto quanto “robotizado”. Veja os exemplos:

Desfile comercial

Assim como o nome já diz, são roupas para comercialização, para uso, inspiradas nos desfiles conceituais. O conceito pode ser apresentado de uma forma mais comercial, em que o designer evidencia a roupa e não a ideia.  Nesses desfiles, o andar dos modelos geralmente é mais rápido, há uma movimentação maior de quadris e braços também, mesmo que de forma sutil. Veja os exemplos:

Desfile Victoria’s Secret

Coloquei esse desfile em específico porque é um caso a parte hahah. Os desfiles da Victoria’s Secret são super sensuais e artísticos. Assim, as modelos podem brincar com a platéia, fazer poses, movimentar bastante o quadril e andarem pra lacrar mesmo! Esses desfiles também contam com a presença de famosos e shows. Olha só os exemplos:

Nem preciso comentar dessas “angels” né? Senhor amado, pra que tanta beleza reunida? Hahaha

Mas é isso models, cada desfile tem sua peculiaridade e a melhor forma de se preparar é entender a proposta do designer e estuda-la! É claro que também tem os ensaios anteriormente que vão te ajudar muito a entrar no clima do desfile né!

Espero que tenham gostado do post! Deixe seu comentário 😉

Bjbj, Ceci ❤

 

Blogueiras são modelos? – Com Flávia Linden do blog Fashion Coolture

Com a ascensão das redes sociais e da potencial fama que elas proporcionam, é cada vez mais presente o surgimento e o sucesso das blogueiras de moda. Estas, ganham dinheiro com postagens no instagram, vídeos no youtube e até mesmo com fotos para certas marcas. Opa! Fotos para marcas? Mas isso não é o trabalho de uma modelo? Então, as blogueiras viraram modelos? Oi?

df9e16a13c814fa18a61f89f36c1d485

Bom, se considerarmos a definição de modelo como “uma pessoa que serve de imagem, forma ou padrão a ser imitado, como fonte de inspiração” então sim, as blogueiras podem ser consideradas modelos, tendo em vista a influência que elas geram atualmente no mercado da moda. Mas, quando consideramos “ser modelo” como uma profissão, na qual existem regulamentações, agenciamento, estudo, casting, entre outros processos, não podemos intitular uma blogueira como modelo apenas porque ela faz fotos remuneradas.

Ok, mas qual é a implicação disso tudo? A implicação é que, cada vez mais as revistas tendem a fazer editoriais com blogueiras e influencers pelo maior engajamento gerado por tais. Então será que isso pode prejudicar o trabalho das modelos tradicionais futuramente? Não consigo afirmar isso pra vocês, mas com certeza é um tido de concorrência a ser considerado. 

22578117
Blogueira Martina Ritter (no meio)  sendo fotografada para um editorial de Reinaldo Lourenço para a Vogue
01
Camila Coelho em editorial para Morena Rosa

Bom, com esse post, não quero de forma alguma criticar as blogueiras ou seu trabalho, pelo contrário, aprecio muito o que elas fazem e sei que não é tão fácil como muitos imaginam. Só quero deixar claro que blogueira não é modelo profissional e existem muitas diferenças entre esses dois trabalhos. E, para falar um pouco mais sobre isso, entrevistei a maravilhosa Flávia Linden, criadora do blog Fashion Coolture e dona do perfil com o ranking mais popular do mundo no site Lookbok.nu. Ela vai nos contar um pouco sobre a sua carreira como blogueira e nos dizer se ela se sente ou não como uma modelo no seu trabalho.

fashioncoolture-18-05-2017-look-du-jour-shoulder-veludo-2

Bora lá ler esse papo delícia?

Conte um pouco sobre sua evolução como blogueira, desde quando teve a ideia inicial de criação do blog até os dias de hoje, fale sobre o processo, desafios e conquistas. 
Comecei o blog depois de alguns meses postando no lookbook.nu ainda no final de 2009. No começo de 2010 eu estava formada em direito, mas estava adorando fotografar looks e postar na internet, por isso resolvi criar o FashionCoolture. Não tinha grandes pretensões com o meu trabalho, mas fazia simplesmente porque adorava fotografia e internet. Já nos primeiros meses algumas marcas entraram em contato, assim como o canal GNT e comecei a descobrir novas possibilidades.
Sempre tivemos uma preocupação bem grande com o conteúdo, qualidade das fotos, e, de certa forma isso nos deu destaque e conquistou alguns clientes bem bacanas. Ser convidada para trabalhar com marcas que admiro é simplesmente incrível, assim como as viagens e o contato com os leitores, tudo isso é muito especial. Mas existe muita dedicação, amo meu trabalho, mas nem tudo é esse glamour que as pessoas imaginam!
 
lookbook flavia
Perfil da Flávia no Lookbook.nu
 
Você se considera uma modelo? 
Não. Já fui chamada para fazer alguns trabalhos como modelo para lookbooks ou campanhas e definitivamente não levo o menor jeito para a coisa. Sou muito tímida e só funciono bem na frente da câmera quando estou no comando da produção e da direção de fotografia. Preciso me sentir à vontade e confiante com as escolhas de roupas e poses.
 
Você acredita que, atualmente, as blogueiras são capazes de ditar tendências por si só? 
Sim, hoje são muitas as fontes de informação e certamente os blogs tem seu lugar. Não por acaso as marcas passaram a ficar de olho no street style e nas bloggers, já que em alguns casos as tendências passaram a ser ditadas pelas ruas e por pessoas reais.
 
5154434_sem_tc3adtulo0550
Como você consegue parcerias com marcas? Elas te procuram ou você que as contacta? Existe alguma produção/agência que te ajuda ou te auxilia nesse processo?
O processo de parcerias no blog foi muito natural e gradual. Nos primeiros anos eu nem sabia como monetizar esse trabalho então aguardava o contato de marcas. O trabalho no Lookbook.nu também abriu muitas possibilidades e marcas internacionais também acabaram conhecendo meu trabalho e entrando em contato. Ainda hoje não tenho nenhuma agência que me represente, todos os meus contatos são feitos por email diretamente comigo.

Sobre se sentir confortável diante de uma câmera… Como você se desenvolveu? Teve alguma ajuda ou foi algo que veio naturalmente?

Eu comecei fazendo auto retrato, tipo a selfie de antigamente né? Tinha recém me mudado para uma nova cidade e ficava muito tempo sozinha, por isso as fotos eram um ótimo passatempo. Assim fui aprendendo sozinha a encontrar meus melhores ângulos e a compor looks e pensar em poses… Não foi nada planejado, apenas uma forma de ocupar o meu tempo livre e de me expressar. 
 
d590e306a84d0b21e4123a448477f235
 
Por fim, o você acha que te diferencia das modelos profissionais atualmente?
Como disse anteriormente não me considero uma modelo, pois além de não ter as medidas tradicionais, altura, etc, também não tenho toda a desenvoltura que modelos profissionais tem diante de uma câmera. Então acho que o maior diferencial além das questões físicas, é a autonomia para comandar meus trabalhos para que eu me sinta confiante nas fotos!

O perfil do blog Fashion Coolture no instagram é @fashioncoolture e por lá você encontra fotos lindas e muitas inspirações, merece um “follow” com certeza!

 
falvia insta 2
 
Espero que vocês tenham gostado do post! Digam nos comentários o que vocês acham sobre essa relação entre carreiras – modelo e blogueira, pra vocês é diferente ou não?

Bjbj, Ceci ❤

Rotina de modelo: Como lidar com “nãos”?

Ei modeletes, hoje venho tratar de um assunto bem sério – a rejeição. Na carreira de modelo, receber “nãos” é muito comum, pode ser em castings, pode ser em agências durante um processo de aprovação ou pode ser um desligamento. É normal, mas muitas vezes esses “nãos” acabam nos desanimando, não é mesmo?

original

Quando se trata de rejeições, sempre tendemos a colocar a culpa em nós mesmos. Começamos a achar que não servimos para aquilo, que não somos bons o suficiente, que é mais fácil desistir agora e seguir um outro caminho. Acontece que, nem sempre o que é fácil é a melhor opção, pra chegar lá é preciso cair, levantar, tropeçar e levantar de novo. A vida é assim, em vários sentidos, em vários momentos.

Na carreira de modelo não poderia ser diferente. Se você ainda não sabe, deveria saber que o mundo da moda é muito competitivo e, nem sempre seus sentimentos ou sua gentileza serão levados em conta. A gente vive em um mundo capitalista em que “ganhar” acaba se sobressaindo do “cuidar”. Infelizmente.

bampw-boho-girl-grunge-favim-com-2751184

Se você tá disposta a se tornar uma modelo profissional, não se deixe abalar com “nãos”. Faça o contrário, utilize a rejeição para te fortalecer, permita-se ser movido por desafios e não se culpe por não ter sido escolhido ou por ter fracassado em algum momento. Faça o que estiver ao seu alcance para correr atrás do seu objetivo, mesmo que isso signifique sacrificar certos confortos ou sair da sua zona de acomodação.

Acredito que antes de você estar bem com o mundo e com as pessoas, tanto no campo profissional quanto social é preciso estar bem consigo mesmo. Se ame, ame seu corpo, seu cabelo, seu rosto, sua essência, ame seu jeito de ser, sua personalidade, sua voz, seu toque. Se ame, da maneira mais completa que conseguir e da mais singela também. Se ame e faça com que isso transpareça, faça de você um ser humano melhor a cada dia. Se ame e se conheça. E por fim, se valorize. Essa é uma boa maneira de lidar com os “nãos” de cada dia, de lidar com impasses e de lidar com a vida.

ca492dbd79194e38bc026962b7224155

Procure sua felicidade da maneira mais determinada que você conseguir.

Mas em algum momento, não se esqueça de inspirar.

E expirar.

Bjbj, Ceci ❤

Aprenda 3 poses adequadas para polas

Ei modeletes!

Primeiramente, vocês sabem o que são polas? Polas são fotos “cruas”, sem retoques em photoshop e sem truques, elas geralmente mostram as modelos como elas realmente são, ou seja, sua imagem natural mesmo. Sem maquiagem, com roupas mais simples ou biquínis. A intenção é que a forma física da modelo fique bem clara, assim como os seus traços faciais.

As polas podem ser solicitadas antes da agência aprovar a modelo para seu casting, ou quando essa modelo já está aprovada e ela precisa das fotos para ser apresentada aos clientes. É muito importante que essas imagens sejam renovadas sempre, a fim de manter uma aproximação mais próxima possível da realidade.

Nesse sentido, as poses para polas são mais “paradas” e “retas” mesmo, sem muito movimento corporal. Hoje trouxe 3 exemplos de poses que se adequam ao conceito das polas. Copia miga, que vai ser show!

1- Braços ao lado do corpo 

16464432_165979213903529_7679150011963146240_n

15538659_388023034872610_7036263175200702464_n

14597361_438147329642233_8659200221072326656_n

2- Braços cruzados 

15625169_1612499489056018_5590567562640359424_n

16465108_1229777293796525_6636076728357748736_n

15876984_1816734195281931_6166203475064520704_n

Dedos no cós da calça

15802134_693119470850911_7786527132120776704_n

15803312_1809833095947680_1583607398981959680_n

15802792_1828633854018375_7482939078200000512_n

É isso gente, já correu pra frente do espelho pra treinar? hahaha

Achou as poses fáceis ou difíceis? Deixe seu comentário!

Uma ótima semana,

bjbj Ceci ❤

InStyle cover: Supermodel Karlie Kloss revela qual é o segredo do sucesso!

Karlie Kloss começou a modelar com 15 anos e seu primeiro editorial foi pra revista  Scene Magazine em Chicago. Já no início de sua carreira, a model desfilou para grifes como Calvin Klein, Alexander McQueen, Sonia Rykiel, Valentino e Gucci! E pra lacrar um pouco mais, entre 2013 e 2015, Karlie foi angel da Victoria’s Secret.

467a0e4e07aa51ab4b3988a17f4291b4
Desfile Calvin Klein 2007
3964ac720ef0b267686c5a17bac60c72
Desfile Victoria Secret’s 2014

Nesse mês, a supermodel foi capa da revista InStyle com um editorial maravilhooooso! Em entrevista para a revista ela contou um pouco sobre a sua vida pessoal e profissional. Segundo Karlie, ter sido aprovada no casting para a Calvin Klein, aos 15 anos, foi o que deslanchou sua carreira de modelo. Ela conta que foi com um vestido preto curto que sua mãe a tinha presenteado, e que hoje ela o considera seu “vestido da sorte” hahhah #quero.

cover temp june.indd

karlie-kloss-instyle-magazine-june-2017-cover-photoshoot05

Karlie fala também sobre o alcance do sucesso na carreira de modelo, para ela o que importa é você ter presença nas passarelas, viajar o mundo para construir um bom material fotográfico, estar nas campanhas certas e claro, ter presença nas redes sociais e um bom marketing pessoal. Veja a entrevista na íntegra aqui.

karlie-kloss-instyle-magazine-june-2017-cover-photoshoot06

karlie-kloss-instyle-magazine-june-2017-cover-photoshoot07

Seguindo um estilo um tanto quanto chic e também voltado pro street, a model arrasa nos looks! Separei algumas imagens das suas produções pra gente se inspirar e fazer a #ryca:

Além de linda e modelo ainda é estilosa né?! Invejinha boa, sim ou claro? hahha .. É isso por hoje gente, espero que tenham gostado do post, deixe seu comentário!

Bjbj, Ceci ❤

5 vídeos que vão te ajudar na carreira de modelo

Ei modeletes!

Fiz uma maratona assistindo alguns vídeos sobre vida de modelo no Youtube e selecionei alguns para vocês darem um play! Eles englobam dicas tanto sobre o dia a dia de modelo, como de passarela, desenvoltura, alimentação, etc. Cada um sobre um tema! Vem logo ver, vem ❤

A youtuber Anne Barreto também é modelo e nesse vídeo ela fala sobre como desfilar e arrasar nas passarelas, é um processo que envolve postura, confiança, movimentação correta do braço, disposição das pernas entre outros fatores importantes que a model aborda no vídeo.

Esse é um outro vídeo da Anne que achei super legal porque ela demonstra alguns exercícios físicos bons pra afinar a cintura e definir o abdômen! Além disso a model também ensina algumas receitinhas super delícia para seguir um lifestyle saudável.

Nesse vídeo a modelo Luiza Frujelli, do RJ, responde algumas perguntas feitas por suas seguidoras nas redes sociais relacionadas com a carreira de modelo. Por exemplo: “Como você deve se arrumar para um casting?” “Qual é o lado bom e o lado ruim de ser modelo?”

Esse discorre principalmente sobre o início da carreira de modelo new face. Apesar de não ter gostado tanto do vídeo em si, achei bem interessante e útil a fala do fotógrafo de moda entrevistado, na qual ele revela o que faz uma modelo se diferenciar e se tornar uma top – atitude queridas!

Por fim, nesse último vídeo, duas modelos, Karol e Emilyn comentam sobre 13 erros que as modelos não devem cometer. Elas falam sobre como se comportar com clientes e agências, sobre a forma de se vestir e falar, sobre profissionalismo e muito mais! Acredito ser essencial ouvir a opinião sincera de quem já trabalha na área, sabe? Então dá o play logo, miga!

É isso por hoje, espero que vocês tenham gostado e aprendido como eu aprendi vendo esses vídeos! Sempre façam essas pesquisas de vez enquanto, quanto mais você souber sobre “ser modelo”, uma melhor modelo você será! #ficaadica

Bjbj, Ceci ❤